segunda-feira, 8 de abril de 2019

MICROCONTOS - SEGREDOS

Microcontos de Gustavo do Carmo


Infiltrações
Com tantas infiltrações, as paredes de sua casa ficaram surdas. Deixou-as do jeito que estavam para poder contar os segredos que quisesse. 


Raposa felpuda
Uma raposa felpuda contou-lhe segredos bombásticos do governo e propôs uma pauta. O jornalista foi demitido do jornal por chegar drogado na redação. 


Pulga
Estava com a pulga atrás da orelha. Ela estava contando-lhe um segredo. 


Guardadora
Não sabia guardar segredos. Foi demitida do banco por facilitar vários roubos ao cofre.


Guardador
Pediu para guardar segredo. Esqueceu de pegá-lo quando saiu do supermercado.


Segredo da Vida
Descobriu o segredo da Vida. Ela matou, quando criança e sem querer, a irmã mais nova, chamada Felicidade.


Túmulo
Levou o segredo para o túmulo. Os coveiros o desenterraram, abriram o cofre e levaram o dinheiro. 


Túmulo 2

Levou o segredo para o túmulo. Mas o coveiro exumou o corpo do chaveiro falecido e o levou para instalar na porta da sua casa.



Justiça
Correu em segredo de Justiça. Sua esposa não o deixava correr na estrada porque além do trânsito perigoso ele era cardíaco.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog