Recent Post

terça-feira, 25 de julho de 2017


Um homem esbarra com o seu melhor amigo nos tempos de escola:

0

segunda-feira, 24 de julho de 2017



Conto de Gustavo do Carmo

As pálpebras já começavam sentir o peso do sono quando ouvi um grito de mulher. Em seguida, uma sequência de “Socorro”.  Apaguei a luz para ver, anonimamente, pela janela, o que ocorria na porta do meu prédio.

Do segundo andar deu para ver dois homens negros, fortes e de cabeça raspada agarrando uma mulher loura. Corri para a porta para tentar ajudá-la, mas, ao passar pelo espelho, vi que eu estava todo desarrumado e fedia. Corri para tomar banho.

0

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Por  Dudu  Oliva



0

quinta-feira, 20 de julho de 2017


João Paulo Mesquita Simões







Aqui no hemisfério norte, a época é de estio, de fazer dietas para ir para  a praia. Filatelicamente falando, pode deliciar a gula com estes maravilhosos selos de "Os Doces Tradicionais Portugueses".



0

terça-feira, 18 de julho de 2017


Ares andava sobre as áridas terras de um mundo destruído. Armado apenas de uma espada ensanguentada, com a qual já havia tirado a vida de vários terríveis monstros e criaturas desde que vieram à Terra.

0

segunda-feira, 17 de julho de 2017



Conto de Gustavo do Carmo
Originalmente publicado em 21/10/2013


— O Maracanã você conhece, né? Quem não conhece o Maracanã?

— Claro que eu conheço.

— Pois é. Foi inaugurado em 16 de junho de 1950 para a Copa do Mundo eum mês depois, testemunhou uma das maiores tragédias do esporte brasileiro, quando o Brasil perdeu de virada para o Uruguai.

0

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Por dudu  oliva



0

quinta-feira, 13 de julho de 2017


João Paulo Mesquita Simões










“Aqui não andam só os vivos - andam também os mortos. A humanidade é povoada pelos que se agitam numa existência transitória e baça, e pelos outros que se impõem como se estivessem vivos. Tudo está ligado e confundido.” Emissão “Vultos da História e da Cultura”.


Selo de 20 gramas para correio nacional, com a imagem de Raul Brandão.

0

terça-feira, 11 de julho de 2017


“Mas e aí, como é que foi lá?”

0

segunda-feira, 10 de julho de 2017


Microcontos de Gustavo do Carmo

Processo
Decidiu processar a Vida por danos morais porque o limão que ela forneceu para a sua fábrica de limonadas estava estragado e provocou a sua falência.


Drama
Conseguiu tudo o que tinha fazendo drama. Um dia a vida lhe deu o verdadeiro drama.


Banda
O velho de 85 anos mandou o filho de 50 parar de ver a banda passar e dar um rumo à sua vida. 
0

Arquivo do blog