quarta-feira, 31 de dezembro de 2014



Conto de Gustavo do Carmo



— Dez... Nove... Oito...

— Sete... Seis... Cinco...

— Quatro... Três... Dois... Um...

— FELIZ ANO NOVOOOO!!!!!

Gilmar, Lopes e alguns amigos celebram juntos a entrada do ano novo. Estouram uma garrafa de champanhe que bebem no gargalo. Cantam em coro a tradicional música “Adeus Ano velho! Feliz Ano Novo! Que tudo se realize no ano que vai nascer...”. Assistem à queima de fogos feita na praia. Os fogos de artifício fazem os mais diferentes desenhos. E também os tradicionais coqueiros e corações.

0

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Foto: Moisés Narezzi, o Papai Noel do Shopping Villa Lobos, em São Paulo / Crédito: Márcio Narezzi


Conto de Gustavo do Carmo


Segunda semana de dezembro. Shopping centers lotados de gente comprando os primeiros presentes de Natal. Casais de namorados e pais de família estressados. Crianças de barriga cheia faziam manha por um lanche ou um brinquedo muito caro. Alguns estavam ali apenas para ir ao cinema, ao salão de beleza como de costume ou fazer compras alheias ao Natal.

Na praça central de um shopping em Botafogo, pais eram arrastados pelos filhos menores que queriam ver o Papai Noel pessoalmente, sentar no seu colo, tirar fotografia e conversar com ele para pedir presentes. Por outro lado, também havia muitos irmãos mais velhos contrariados ou mesmo algumas das próprias crianças, que tiveram o papel invertido: arrastadas pelos pais saudosos da infância que não volta mais.

0

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Por dudu oliva




0

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

João Paulo Mesquita Simões



Construído pela Companhia União Fabril (CUF) para a Parceria Geral de Pescarias em apenas 62 dias de trabalho, o Creoula foi lançado à água no dia 10 de maio de 1937. Seguiu ainda nesse ano para a primeira campanha de pesca do bacalhau nos bancos da Terra Nova da Gronelândia, realizando inúmeras campanhas até 1973. Economicamente inviável para a pesca, foi adquirido pelo Estado em 1979 e, após alguma indefinição quanto ao seu futuro, a 20 de março de 1987 recebeu a designação de Unidade Auxiliar de Marinha (UAM). Classificado como Navio de Treino de Mar (NTM) e colocado na tutela do Ministério da Defesa Nacional, passou, doravante, a realizar viagens com jovens portugueses, promovidas por instituições públicas e privadas.
Com uma tiragem limitada a 4400 exemplares numerados, este livro bilingue (português e inglês) é da autoria de António Manuel Gonçalves e contém o selo e o bloco NTM Creoula da emissão filatélica Navios Sagres e Creoula, de 2012, com o valor facial €2,55.
Autor: António Manuel Gonçalves
Edição : Clube do Colecionador dos Correios
Formato: 24,5 x 24,5 cm
Tiragem: 4400 exemplares com o selo e o bloco NTM Creoula da emissão filatélica Navios Sagres e Creoula, lançada em 2012
In: http://www.ctt.pt/femce/sku.jspx?shopCode=LOJV&itemCode=20143519599# 
0

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014



Conto de Gustavo do Carmo

Não se viam há anos. Uns dez, mais ou menos. Eram colegas na faculdade de jornalismo. Se formaram juntos. Vitorio se tornou bem mais sucedido. Afastou-se de Randolfo por causa do pessimismo do colega, mas se desculpava com o argumento de que o trabalho em um famoso jornal esportivo estava sugando o seu tempo. Na verdade, Vitorio seguia recomendações de uma ex-namorada e quatro outros ex-colegas da turma para se afastar de pessoas negativas como Randolfo.
0

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Por dudu oliva




0

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

João Paulo Mesquita Simões





0

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014



Microcontos de Gustavo do Carmo 



Fim do Túnel
Viu uma luz, mas não era a do fim do túnel. 


Fim do Túnel II
Saiu do túnel, mas não viu a luz no seu fim. As lâmpadas estavam queimadas. 
0

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Por dudu oliva



0

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

João Paulo Mesquita Simões
Em 1520, Luiz Homem, por carta régia de 6 de novembro, recebeu do rei D. Manuel I o encargo da exploração do serviço postal em Portugal, tendo sido nomeado para o ofício de primeiro Correio-Mor do Reino.

0

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014


Conto de Gustavo do Carmo

Entrou na igreja. Acomodou-se no confessionário e começou a lamúria.

—Padre, eu fiz faculdade de comunicação com um rapaz e o esnobava um pouco. Ele não era muito interessado em mim, mas em outra colega nossa. Porém, acredito que se eu desse confiança, ele se apaixonava por mim.
0

Arquivo do blog