sábado, 19 de fevereiro de 2011

MICROCONTOS - IDOSOS

Por Gustavo do Carmo



Rotina
Convidou o amigo da praça para fazer algo diferente para fugir da rotina. A coisa diferente passou a ser a nova rotina dos dois aposentados.


Amor Proibido
Casal de idosos foi impedido de manter relação amorosa. Fugiram com o pouco dinheiro que tinham. Mas não foram longe. As pernas de ambos incharam. Voltaram pro asilo.


A Rosa
Sonhava ver o seu amor platônico entrar no altar para casar com ele ao som de "A Rosa" de Pixinguinha. Anos depois usou a mesma música na trilha do seu casamento com uma idosa que conheceu no asilo.


Filho ingênuo

Só dava prejuízo para os seus pais com a sua falta de emprego e vida romântica e ingênua. Deu ainda mais prejuízo quando levou uma bala perdida e ficou tetraplégico. Idosos, sem força e solitários, seus pais o mataram.


Nome

O velho impôs ao filho o seu nome feio no neto e o proibiu de deixar o menino chamar-lhe de avô. Quando o rapaz questionou ouviu: —Quem sustenta você, seu filho e sua namorada sou eu!

Banda
O velho de 85 anos mandou o filho de 50 parar de ver a banda passar e dar um jeito na sua vida.

Seguro
Seu Seguro não morreu de velho. Foi atropelado por um trem aos 104 anos.

Devagar
Devagar se vai ao longe! Disse o idoso dirigindo o seu Romi-Isetta. Encerrou a volta ao mundo no Rio de Janeiro com o carro que comprou 0 km em 1958.

Cova
Todas as noites via o pai cavando um buraco no quintal da casa. Um dia perguntou o motivo. O ancião disse que estava cavando a própria cova.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog