terça-feira, 31 de março de 2015

Texto: Weverton Galease
Fotos retiradas de uma 'Wine Shop' 

'Um dos vinhos mais revolucionários do mundo', assim de define o Sauvignon Blanc 'Kiwi'. Se tornando em um fenômeno entre a categoria dos vinhos brancos, de repente uma região, um país inteiro em forma de algo, como já havia acontecido com a Austrália (com seu esplendido Syrah) e a Argentina (com seu charmoso Malbec), a Nova Zelândia foi capaz de se destacar neste mercado.

1

segunda-feira, 30 de março de 2015

Hiena Hardy do desenho Lippy e Hardy - Hanna-Barbera


Crônica de Gustavo do Carmo

Já não é nenhuma novidade que o Facebook pode causar depressão. Toda hora aparece uma pesquisa na internet ou no jornal sobre esse assunto. Ver as fotos de viagens, momentos românticos, comentários sobre o trabalho bem-sucedido, a felicidade e a saúde dos filhos dos seus amigos dá a maior fossa quando você está solteiro, desempregado e sem dinheiro. Eu que digo. Cheguei a excluir muita gente por causa disso.
0

domingo, 29 de março de 2015


0

sábado, 28 de março de 2015

TEXTO E FOTOS: GUSTAVO DO CARMO


Depois de quase quatro anos decidi voltar a escrever resenhas literárias. Além da baixa audiência do blog eu não estava escrevendo porque só leio livros que realmente me interessam e eu também demoro a ler. Sem falar na enorme fila de títulos impressos na minha cabeceira. Agora passei a ler também e-books no tablet, onde a fila (mental) é menor. Outra coisa é que eu me sinto constrangido em resenhar um livro antigo, do qual todos já conhecem. 

Tudo bem que eu ainda não encontrei uma fórmula exata de resenhar livros e nesta volta estou fazendo mais uma experiência. Assim, agora vou compartilhar o que eu estou lendo no momento e fazer um comentário breve, dizendo se estou gostando ou não. Assim que puder vou atualizando e postar a resenha completa quando acabar de ler. E faço o convite aos outros colaboradores do Tudo Cultural a fazerem o mesmo. O Dudu Oliva já faz isso há um bom tempo. 

Reestreio a seção Tudo na Cabeceira com o livro impresso Light - A História da Empresa que Modernizou o Brasil, do canadense Duncan McDowall, especialista em história econômica, com tradução de Helena Maria Andrade do Nascimento e edição da Ediouro, patrocinada pela Light com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Mas por que a biografia da concessionária que fornece energia elétrica para metade do estado do Rio de Janeiro foi escrita por um canadense? 

0

sexta-feira, 27 de março de 2015

Por dudu oliva



0

quinta-feira, 26 de março de 2015

João Paulo Mesquita Simões


A emissão "Grandes Músicos do Mundo" entra no compasso da homenagem ao compositor Jean Sibelius e à soprano Elizabeth Schwarzkopf. Já disponível nas Lojas CTT.


0

terça-feira, 24 de março de 2015


É com grande prazer que o Tudo Cultural anuncia Weverton Galease com o seu novo colaborador. Ele vai escrever, toda terça-feira, sobre filmes, literatura e vinhos. E a sua estreia você vê no post abaixo num interessante artigo sobre o escritor Edgar Rice Burroughs, o criador do Tarzan, que morreu há 65 anos.

Galease começou divulgando voluntariamente (sem apenas retuitar) os links do Tudo Cultural e do Guscar no Twitter. Com mais de 4 mil seguidores em seu perfil @barcogalease, as indicações têm sido um sucesso para os blogs. Desta forma, em agradecimento, decidi convidá-lo para se juntar ao time de colaboradores que já tem Dudu Oliva, João Paulo Simões, Narcélio Lima e Mário Coutinho Leão no Guscar.

Weverton trabalha com vendas e vivencia a leitura com uma alta alternância em curiosidades turísticas e gastronômicas.

Seja bem-vindo, Weverton! 
0

      

Texto de Weverton Galease

Talvez não lhes vêm a cabeça do que se trata, mas se disser apenas 'TARZAN', tenho certeza de que sai algo de vossas cabeças pensantes.

Completou-se 65 anos da morte do escritor estadounidense, Edgar Rice Burroughs, um 'novelista' de muita fama para uma época irreverente aos tempos de hoje. O autor romancista é conhecido mundialmente por ter cultivado o gênero da ficção científica, ao qual foi inspirado por uma 'ficção barata' nas revistas de aventura da época.

2

segunda-feira, 23 de março de 2015


Conto de Gustavo do Carmo

Entrou aos quarenta minutos do segundo tempo. Fez o sinal da cruz e pisou com o pé direito no campo de jogo tão logo o juiz auxiliar levantou a placa eletrônica com o seu número e o do seu companheiro de time que ia sair. Foi abraçado pelo colega cansado como cumprimento.
0

sexta-feira, 20 de março de 2015

Por dudu oliva




0

quinta-feira, 19 de março de 2015

João Paulo Mesquita Simões


No passado dia 14, decorreu em Coimbra o Congresso Filatélico organizado pela Secção Filatélica da
Associação Académica de Coimbra.

Entre os Congressistas, destacaram-se alocuções muito interessantes e pertinentes, nomeadamente sobre os jovens e a Filatelia, a Filatelia e o Cancro, a Filatelia e a União Europeia desde a sua formação, entre outros temas.

Há cada vez um maior afasatamento do jovem pelo Colecionismo, nomeadamente a Filatelia, devido às
Novas Tecnologias.

Os resultados do Congresso foram criar uma aproximação dos jovens ao colecionismo, para que o selo predure.

A minha alocução foi uma apresentação do meu livro "Teclas, o filatelista", que demonstra bem o que é um jovem de 14 anos, adepto das Novas Tecnologias, mas que com a ajuda do Avô, se torna hobbie.
um entusiasta deste

O congresso terminou com entrega de diplomas aos participantes.

Deixo aqui algumas imagens do evento.

























0

segunda-feira, 16 de março de 2015


Conto de Gustavo Carmo

Reginaldo acordou com a irmã lhe chamando de vagabundo e preguiçoso. Já estava acostumado. A moça, que é médica, se orgulhava em dizer que trabalhou duro desde os vinte anos (tinha trinta e cinco) e levava dinheiro para casa, enquanto o irmão de trinta, nunca trabalhou e não demonstrava o mínimo interesse em trabalhar. Vivia à toa, às custas do pai e da mãe, ficava o dia inteiro pendurado na internet, dormia de madrugada, acordava no sofá, ia para cama e só acordava de verdade ao meio-dia.

Todos os dias a irmã saía do trabalho, aos gritos, já estressada. Dia sim, dia não, ela falava tudo isso e outras coisas do irmão mais novo, que reagia aos gritos e pontapés. Mas se acostumou com o tempo. Sua irmã era o alarme que ele não precisava para acordar cedo.

0

sexta-feira, 13 de março de 2015

Por dudu oliva


0

segunda-feira, 9 de março de 2015

Foto extraída do site http://centraldealtaajuda.com.br


Microcontos de Gustavo do Carmo publicados no meu Twitter @gustavocarmo2


Garoto do Futuro
Era o garoto do futuro. Se transformou no idoso do passado.


Pele de raposa
Vestiu a pele de uma raposa para se proteger do frio polar que o congelava. O caçador da idade da pedra morreu porque teve as peles arrancadas por um ativista ecológico que veio do futuro.



Carta
Escreveu uma carta para o seu futuro. Nunca recebeu resposta.


0

sexta-feira, 6 de março de 2015

por dudu oliva




0

quinta-feira, 5 de março de 2015







 João Paulo Mesquita Simões


É nestas feiras filatélicas feitas nas cidades de Portugal, que encontramos por vezes peças únicas, e outras para completar as nossas coleções.

Eu próprio, sou um frequentador destas feiras. Travam-se amizades, contactos, e é uma forma de enriquecermos as nossas coleções.

Aqui encontra-se de tudo. Selos, moedas, calendários, inteiros postais. velharias, que cada um compra para aumentar o seu espólio.



0

segunda-feira, 2 de março de 2015



Conto de Gustavo do Carmo


Enfim perdeu a virgindade. Até então tinha pavor de morrer sem ter se deitado com alguma mulher. E já estava com 35 anos. Perdeu as ilusões com um casamento, filhos e até um simples romance. 

Foi exatamente por este motivo que, depois do sexo (ardente e gostoso como um chocolate), Afonso propôs à bela primeira mulher com quem transou que não houvesse nenhum compromisso entre os dois.

0

Arquivo do blog