terça-feira, 1 de janeiro de 2013

RETROSPECTIVA 2012 - MELHORES DO ANO

Texto: Gustavo do Carmo


O Tudo Cultural estreia em 2012, junto com a retrospectiva, a seção Melhores do Ano, com os textos mais lidos nos doze meses entre todos os publicados e também por seção e colaborador. O texto mais lido do ano no geral não será nomeado duas vezes. Dentro da sua categoria será escolhido o segundo mais lido. 


Gustavo do Carmo - Conto Inédito - Vampiro 


Era um vampiro e todos sabiam. Só entrava quando convidado. Por isso, seus colegas de faculdade resolveram destruí-lo. Jogaram-lhe água benta. Agradeceu-os pelo refresco. Tentaram queimá-lo com um crucifixo. Nada aconteceu. Acenderam um refletor de câmera na sua cara. Seus olhos doeram muito. (Continua) 


Gustavo do Carmo - Reprise - Bate-bola 


Quando criança, Fernandinho chorava de medo ao ver um bate-bola na rua. Se a turma de clóvis batesse forte a bexiga de plástico duro e colorido no chão, aí mesmo é que ele se desesperava. Pedia a mãe pra voltar para casa e ela o debochava, primeiro aos risos: “Deixa de ser bobo!”, mas depois perdia a paciência e esbravejava com o filho. (Continua)


Gustavo do Carmo - Microcontos - Clubes de Futebol 





Churrasco

Vasco bota fogo no carvão para o churrasco que vai comemorar o novo apartamento da família fluminense no Flamengo. São convidados o primo que veio da América e o cunhado indultado de Bangu I. (Outros microcontos)


Gustavo do Carmo - Tarde Demais 16 (Prepotente)


Fazia frio em São Paulo. Não que ela precisasse usar o sobretudo que vestia, mas era preciso manter a elegância. Ou melhor, a prepotência. Atravessou a porta automática de vidro do Hospital Central Diamond. O ar condicionado garantia a manutenção da vestimenta imponente... no Rio de Janeiro, onde fazia um pouco de calor. (Continua)


Dudu Oliva - Entender é limitado (resenha de texto de Clarice Lispector)




João Paulo Simões - O postal máximo 


Tenho, no meu blogue, um questionário que coloco com certa periodicidade.
A questão que coloquei e está a votação até novembro, é se as pessoas sabem o que é um postal máximo. (Continua)

Hemerson Miranda - Outono Sombrio


O único amor que tinhas se afogou em seu próprio sangue.
Não importa se tua oração seja silenciosa ou com altos clamores. Ela não será ouvida.
Cadáveres formam tua tão esperada primavera. Um lençol de corpos em putrefação. 

O texto mais lido do ano - Portalófilo, de Gustavo do Carmo 


Deveria ser especialista em portas. Conheço as de madeira, de aço, alumínio, vidro... De todas as formas: lisas, caneladas, frisadas, esculpidas e várias outras. Não sou marceneiro.

Sou jornalista e publicitário. Cursei duas pós-graduações: uma em cultura e outra em telejornalismo. Várias oficinas literárias nas costas. Só não tenho mestrado porque não tive mais paciência para estudar. Quero mostrar o que já sei. Cansei de aprender. E principalmente de ouvir sermões. (Continua)

Nenhum comentário:

Arquivo do blog