terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Só um bar 2



Encontrei um antigo amigo no cartório. Estava lá pra reconhecer firma de uns papéis da prefeitura. Trocamos algumas palavras.
Conversamos sobre uma amiga que tínhamos em comum. Nós dois tínhamos uma queda por ela.
Ele disse, é... parece que ela tá grávida.
Eu disse, é mesmo?
É, ele disse. Depois: ah, mas é bobagem, bobagem...
Saí do cartório e vi ela arrumando a vitrine de uma loja de roupas.
Ela me viu. Não me cumprimentou.
Acho que não me reconheceu.


Por Lucas Beça

Nenhum comentário:

Arquivo do blog