quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

MENSAGEM SUBLIMINAR

                                                         Conto de Weverton Galease

 


  Era um sábado chuvoso, fim de tarde, o sinal do wi-fi parecia desalinhado com o jovem casal, que ficou desconectado do mundo virtual por cerca de uma semana. Ana, sempre curiosa, procurava meter-se nos assuntos de Nando, se ele deixasse qualquer rede social aberta no computador, ela espionava, parecia mais com um detetive alucinado em um pagamento de cinco mil reais por uma espionagem.
  Nando nem imaginava este fato, mas por questão de segurança, fazia o mesmo com Ana, ao espionar o que ela tanto fazia no computador. Anoiteceu e o sinal do wi-fi retornou na residência, Nando mexeu rapidamente em seus e-mail e foi para o banho, enquanto o demorado banho acontecia, Ana colocou seu posto de espiã em ação, e foi à caça virtual.
  Quando uma notificação chegou, ela abriu e leu; - 'Oi amore preciso falar com você' ; no e-mail havia o nome de Lola. Mas, Ana ficou tão pasma que ainda naquele instante, não conseguiu abrir o e-mail e ver do que se tratava, pois isso nunca havia acontecido.
  Ao sair do banho, Nando já notou a face duvidosa de Ana, e perguntou; - 'O que foi?' ; Ana por sua vez apenas disse que havia um e-mail para ele ler, que tinha acabado de chegar. Nando desinteressado, apenas disse que queria ir para cama ver o seriado que iria começar na TV, e a desconfiança aumentou na mulher.
  Para piorar os batimentos cardíacos de Ana, o episódio que passava na TV naquele dia, abordava como tema a traição. Ao fim do episódio, Nando capotou de sono, enquanto Ana revirava na cama e nada de dormir, até que antes de amanhecer o domingo, Nando levantou-se da cama e foi ler o tal e-mail, do qual se tratava de uma vidente chamada Lola, a qual escrevera na mensagem que sua esposa estava lendo tudo o que ele mantinha nas redes sociais, mas Nando não tinha nada a esconder, pois conversava apenas com amigos homens, ele então ignorou aquilo tudo.
  Quando amanhecera o domingo de sol e calor infernal, no café da manhã, como em todos os dias, Ana havia acordada de mal humor, Nando então questionou-a se acreditava em previsões sobre o futuro, próximo ou não, Ana então engasgou-se com o biscoito água e sal e comia com uma margarina leve, e disse que as vezes poderia ser apenas uma coincidência, Nando, mais uma vez cortou o assunto e ignorou o fato. Mas o que ele não sabia mesmo, é que a tal de Lola, era sua esposa, que não era vidente, mas decidiu alertá-lo sobre o que ela mesma estava fazendo, para que ele a ajudasse a procurar um psicólogo, uma vez que ela estava doente de ciume por ele.
  Nando só descobriu o fato um ano mais tarde, quando Ana o pegou em flagrante traindo-a.


                         

Nenhum comentário: