segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

RETROSPECTIVA 2014 - MICROCONTOS - PAIS 2



Microcontos de Gustavo do Carmo publicados originalmente em agosto de 2014


Papai
- Ai, ai, ai, ai, ai, ai! Assim você mata o papai. Disse, após levar um tiro do filho de seis anos. (inspirado em pagode de Sorriso Maroto)

Herança
Com vocação para bruxa, decidiu assumir a fábrica de vassouras e outros produtos de limpeza que o seu pai lhe deixou.



Traição
Descobriu que sua mãe traiu seu pai no passado e ele pode ser filho biológico de outro homem. Colocou a mão no fogo pelo pai que o criou, devido a semelhança. Mas o amante de sua mãe era a cara do seu pai.


Viola
Amanheceu, pegou a viola, botou na sacola, foi viajar e a quebrou na cabeça do coronel que queria tomar as terras de seu pai. (inspirado em Renato Teixeira)


Cinderela
— Boa noite, papai! 
— Boa noite, Cinderela. 


Vícios
Pai e filho trocaram de vícios. O primeiro ficou rico com a internet. O jovem passou da bebida para o submundo das drogas. 


Cálice
Pai! Afasta de mim esse cálice! Disse o jovem no bar para o pai, que queria embebedá-lo. (inspirado em Chico Buarque)


Educação
— Menino, eu não te dei educação, não?! 
— Você não deu nem para os moradores da cidade, meu pai prefeito!


Filho de peixe
Era filho de peixe, mas seu pai não tinha influência nenhuma naquele oceano.


Nenhum comentário:

Arquivo do blog