sábado, 19 de maio de 2012

O OTIMISTA

Conto de Gustavo do Carmo


As moscas já tomaram conta do barraco. O estrume virou adubo, mas já se esfarelou. O pai morreu há muito tempo e o deixou cheio de dívidas. A mãe foi morar com o irmão em Paris. E Viriato tenta o suicídio pela quinta vez. Já não acredita mais no pônei que esperou por vinte anos, desde que ganhou uma caixa de estrume do seu pai.

Seu irmão, que ganhou uma bicicleta no mesmo dia, nunca se machucou como acreditava. Tornou-se ciclista profissional, ficou rico e famoso, mudou-se para Paris e nunca mais procurou o irmão.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog