terça-feira, 21 de outubro de 2008

RESENHA DA QUINZENA - GOL LINHAS AÉREAS

Fã dos bichinhos
Por Gustavo do Carmo

A Gol gosta mesmo dos bichinhos voadores bonitinhos. Dois anos depois do passarinho que embarca na rodoviária e desembarca mancando, a companhia aérea lançou uma nova campanha mostrando animais se esquecendo da sua própria capacidade natural. Claro que um passarinho agrada mais do que uma lagarta de verdade. Por isso mesmo a agência que atende a companhia aérea trabalhou com a animação.

Se a intenção foi encantar como o filme do mandarim ouvindo Evandro Mesquita, a equipe da Almap BBDO conseguiu. Inspirado nos desenhos da Disney das décadas de 20 e 30, o filme em preto e branco mostra, ao som de um chorinho, a rotina urbana de uma lagarta. Desde o momento em que ela acorda até sair para o trabalho, atravessar a rua e esperar no ponto o ônibus lotado em uma cidade totalmente habitada por seres da mesma espécie. Naquele tédio e desânimo do trânsito engarrafado ela tem a idéia de ligar para a Gol pelo celular e a partir de então cria asas e se transforma numa borboleta. Outras fazem o mesmo, inclusive uma usa o computador do escritório conectado ao site da Gol em um prédio comercial. É neste momento que o filme ganha cor, exatamente o laranja da companhia aérea, presente nas asas das borboletas que, agrupadas no céu, formam o desenho de um avião. Durante a metamorfose coletiva o locutor entra com o conceito "Chega um dia em que todo mundo descobre como é fácil voar".

O objetivo da campanha, além de lembrar o telefone e a internet como os canais de venda da Gol, demonstrando a facilidade mencionada no conceito, é mostrar que, como os bichinhos voadores, qualquer um pode voar pela empresa (desde que não encontre controladores de vôo em greve e um jato Legacy pilotado por norte-americanos). A comunicação entrou no ar no dia 27 de setembro para aproveitar a temporada de final de ano, época do aumento das viagens por causa das férias e das festas de natal e ano-novo. No último final de semana estreou uma breve vinheta com as mesmas lagartas em preto e branco formando a palavra Smiles, que esvai em borboletas coloridas para anunciar que o famoso programa de milhagens da antiga Varig agora faz parte da Gol, sua nova dona.

Além da exibição deste filme na televisão e no cinema, a campanha também envolve a mídia impressa (como revistas e painéis indoor) e a internet, onde foi criado um site(www.borboletasgol.com.br ) que tem um joguinho no qual você ajuda a lagartinha a atravessar a rua e virar borboleta para conhecer os 56 destinos da Gol na América do Sul. A página só peca por não disponibilizar instruções mais detalhadas de como jogar (só mostra as teclas de movimentação).

Dizer que a campanha é bem produzida é redundante. Criativo o filme também não deixa de ser. Foi bolado pela equipe formada por Marcello Serpa, Cássio Zanatta, Renato Fernandez, Marcus Kawamura, Gustavo Sarkis e Eduardo Andrietta, sendo os dois primeiros os diretores. Mas o mérito do comercial merece ir um pouco mais para a dupla de animadores Guilherme Rizzo e Alexandre Eschenbac.No entanto, o tema bichinho voador que anda de ônibus já foi usado no comercial do passarinho que, apesar da boa qualidade do fofinho comercial das borboletas, encantou um pouco mais e deixou saudades.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog