quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

RESENHA DA QUINZENA - EU SEI QUE VOU TE AMAR...

Por Gustavo do Carmo



Eu sei que vou enjoar...
Quem já segurou vela sabe o quanto é desagradável ver e ouvir dois casais namorando. É beijinho pra lá. Meu bem pra cá. Mal-entendidos, discussão da relação, diálogos melosos, etc. Imagina ouvir isso durante duas horas? Ou pior: imagina ler isso durante 131 páginas?
Foi a sensação que eu tive ao ler o romance Eu sei que vou te amar..., uma adaptação do filme de Arnaldo Jabor, de 1986. Sim, o filme estrelado por Fernanda Torres e o saudoso Thales Pan Chacon (1956-1997) seguiu o caminho inverso da maioria das grandes obras e foi transformado em livro (com linguagem literária e não compilação do roteiro) pelo próprio cineasta.
Premiado com a Palma de Ouro no Festival de Cannes, o filme que virou livro conta a história de um ex-casal, separado há algum tempo, que se reencontra no apartamento do rapaz, a convite do próprio. Eles passam a discutir a relação em um jogo da verdade que reúne troca de farpas, disse-não disse e, principalmente, erotismo e declarações de amor.
O romance foi escrito num único capítulo e, como no filme, se concentra inteiramente no reencontro do casal. É um convite para ser lido em "uma sentada só" (sem querer fazer trocadilho, apenas usando uma expressão popular).
O livro é bem produzido. A começar pela capa, que tem uma sobrecapa brilhosa e flexível. As páginas de tom levemente amarelado e o espaçamento das letras são ótimos para a leitura. O texto tem metáforas, linguagem coloquial e alguns palavrões.
A trama é interessante e foi ela - além da fama do filme que nunca vi - que me motivou a comprá-lo. Cheguei até a esperar pela sua chegada à livraria mais próxima. Mas me decepcionei com o tom romântico demais da história. Tão romântico que chegava a ser meloso e enjoativo. Só não desisti da leitura por persistência. Me senti segurando uma vela enquanto lia o livro. Pra quem gosta de história de amor é uma ótima pedida. Mas eu não o recomendo para encalhados como eu.
SOBRE O LIVRO:
Eu sei que vou te amar...
Arnaldo Jabor
Objetiva
Formato: 15x21 cm
131 páginas
Preço normal: R$ 28,90

Um comentário:

eduardo disse...

Eu vi o filme, gostei.

Assisti também Tudo Bem com a Fernanda Montenegro e direção do Jabor tb.
Ele tem um estilo de filmar que não é muito comercial, principalmente, com a super edição que existe hoje e o ritmo frenético da câmera.

Arquivo do blog