terça-feira, 5 de junho de 2018

Ela chamou sua atenção e ele não sabe dizer o porquê



Um homem se aproxima da mulher que está na varanda. Ali a conversa das pessoas já bêbadas ou ficando bêbadas e a música alta são mais baixas.


- Oi.

- Oi.

Ela permanece olhando a cidade do 8º andar.

- Sou o Mário.

- Joana.

Eles se cumprimentaram.

- Você é a garota solitária da festa? Tem alguém te procurando...

- Ah... Sério? Quem? – diz, com um pouco de deboche.

- Eu.

Ele sorri. Ela ergue as sobrancelhas.

Ficam alguns segundos bebendo e olham os prédios à frente.

- Pergunta: você tem namorado?

Ela olha para ele, surpresa.

- É... Muito evasivo, né? Tudo bem, deixa eu pensar... Você tá procurando um namorado...?

Ela sorri.

- É... Talvez.

- Humm... Bom saber.

Eles se encaram. Desviam o olhar novamente para os prédios. Tomam mais alguns goles.

- Sabe o que eu queria fazer agora, Joana?

- Não, Sr. Mário.

- Te beijar. E depois te dar o meu número e simplesmente ir embora.

- Ah, é?

- É.

- Eu tenho uma proposta melhor pra você.

Eles se olham nos olhos.

Ela diz, com um sorriso.

- Por que você não vai lá dentro, pega mais umas cervejas, já que a minha está acabando, e a gente vê o que acontece?


Conto de Lucas Beça

Nenhum comentário:

Arquivo do blog