quarta-feira, 1 de janeiro de 2020

RETROSPECTIVA 2019 - CAMPEÕES DE AUDIÊNCIA


A seção Campeões de Audiência traz os textos mais acessados de 2019 entre todos os publicados este ano por mim e por cada colaborador. O campeão de audiência do ano no geral não será nomeado duas vezes. Dentro da sua categoria será escolhido o segundo mais lido.


Gustavo do Carmo - Estreia - Gringa no samba (253)

Em uma viagem a Londres com a irmã e o cunhado, Ariel conheceu Audrey, uma bela inglesa ruiva de seios fartos, aspirante a modelo, que já fez alguns ensaios de calcinha e topless, que não lhe deu muito dinheiro. Por isso, para se sustentar, trabalhava como garçonete no restaurante do hotel onde o turista brasileiro se hospedou. (continua) 


Gustavo do Carmo - Microcontos - Segredos (314)


Infiltrações

Com tantas infiltrações, as paredes de sua casa ficaram surdas. Deixou-as do jeito que estavam para poder contar os segredos que quisesse. 


Raposa felpuda
Uma raposa felpuda contou-lhe segredos bombásticos do governo e propôs uma pauta. O jornalista foi demitido do jornal por chegar drogado na redação. 




Gustavo do Carmo - Reprise - Ponto Final (197) 

Foto: http://www.caoscarioca.com.br/


Na volta para casa decidi pegar o ônibus no ponto final. O abrigo lotado. Não tinha lugar para me sentar. Estava morrendo de cansaço. Não quis esperar em pé. Estava muito quente. Mesmo com o sol assando o meu couro cabeludo preferi andar. Parado ele incide mais sobre a minha cabeça. Andando, pelo menos, vou uniformizando a fritura dos meus miolos. (continua)


Gustavo do Carmo - Tarde Demais 1 - Telegrama (335) - Meu texto mais lido no ano 


----- Original Message -----
From: 
pericarsoa@messagenet.com.br
To: 
editor@variasletras.com.br
Sent: Friday, September 24, 2004 11:30 AM
Subject: Original de Romance

Prezado editor,

Estou enviando em anexo os originais do romance Chuvas na Solidão que eu escrevi e gostaria de ver publicado pela Várias Letras.

Atenciosamente
Péricles do Carmo Soares



Gustavo do Carmo - Crônica - Se eu tivesse dito (135)


Relembrando o passado, fico pensando nas discussões que eu tive na vida, nas verdades que eu deveria ter falado e nas atitudes que eu deveria ter tomado. Me calei. Fiquei inerte para evitar maiores constrangimentos ou mesmo retaliações. Entre muitos exemplos, aqui vou contar alguns deles. (continua)


Lucas Beça - Sem respostas hoje #16-20 (332)


João Paulo Simões - 25º aniversário do falecimento de Ayrton Senna (255)



Assisti em direto, em 1994, ao falecimento do grande piloto de Formula 1, Ayrton Senna.


Chocou-me imenso. 
Por isso, hoje, e após  25 anos, nunca esqueci este Campeão, que partiu desta vida prematuramente, deixando aqui a minha homenagem com este selo do Brasil.



Hemerson Miranda - A Raposa Vermelha - Capítulo I


O dia vai despontando no horizonte, ajustando luz e contraste. O amanhecer surge entre nuvens rubras, como algodão doce colorido. O céu assume tons ferrosos, clareando para laranja, depois rosa, até decidir pelo amarelo tão conhecido por infinitos anos. (continua)



O texto mais acessado de 2019 - Alma, de Hemerson Miranda (754)

Caminha pela rua e, antes do bar, se depara com uma vitrine onde se ergue um espelho enorme. Para. Olha para si mesmo e pensa por um momento o quanto é raro as pessoas, em locais públicos, se vislumbrarem em espelhos, tendo a ideia de como os outros as veem. Reconhecer a si mesmo e depois, ao sair diante da imagem, voltar à nossa prisão interior e ter apenas o sentido e a imagem distorcidos por nós mesmos. (continua)



Nenhum comentário:

Arquivo do blog