quinta-feira, 18 de abril de 2019

Crise académica de 1969 em Coimbra


João Paulo Mesquita Simões




17 de abril de 2019 - 50º Aniversário da Crise Académica de Coimbra.

Em 1969, a 17 de abril, por ocasião da inauguração do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra, Alberto Martins, presidente da Associação Académica de Coimbra, pediu a palavra em nome dos estudantes, na presença do então presidente da República Américo Tomás, e ministros da Educação e das Obras Públicas. 


Este "peço a palavra", desencadeou em Coimbra, o início de uma crise, com a prisão de vários alunos e professores, luto académico, e invasão das forças da ordem.


Foi, sem dúvida, a maior perturbação política durante o Estado Novo, antes do 25 de abril de 1974.

Hoje, passados cinquenta anos, alguns dos protagonistas não quiseram esquecer a data, assinalada com um carimbo comemorativo emitido pelos CTT.



Nenhum comentário:

Arquivo do blog