sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Irmãs

Por Dudu Oliva


Eram duas irmãs com temperamentos opostos. A primeira vivia vigilante e a segunda queria voar por aí.
Segurança aconselhava a Liberdade cautela, pois o mundo não era como sua irmã pensava.
Liberdade exausta com os conselhos da Segurança fugiu de casa e se jogou para o mundo. 
Segurança ficou depressiva, já que não tinha mais a leveza da Esperança. Os dias ficaram mais chatos.
Um dia, Liberdade voltou. Estava ferida e vazia por dentro.
Segurança a abraçou e cuidou dela até voltar a ser como era, para iluminar o lar novamente.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog