sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Depois da chuva(2013)

Por Dudu Oliva

Maria quando viu que a chuva parou, foi andar de bicicleta. Sozinha, sentiu-se a dona da rua. Mas, um homem apareceu e a olhou fixamente. Sentiu raiva dele por ter tirado o momento glorioso que transbordava nela.
O homem quando viu a menina andando de bicicleta, destemida, lembrou-se de um menino que se fora há muito tempo. Hoje, o que restou foi um homem perdido no tempo e no espaço. Ao ver Maria, José desejou ser aquele menino novamente.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog