quinta-feira, 26 de julho de 2018

PONTES IBÉRICAS





João Paulo Mesquita Simões




”Durante a romanização da Ibéria foi construída, cerca de 106 d.C., sob a direcção de Gaius Lulius Lace a Ponte de Alcântara (do árabe Al-qantara, ou seja, “A Ponte”). Hoje, a história deste monumento ibérico, com 61 metros dc altura. 194 de comprimento e 8 de largura. situado na confluência dos rios Alagón e Tejo, quando este entra no seu percurso internacional, é um eloquente testemunho de séculos de relacionamento português-espanhol. Mil e novecentos anos depois, desta feita para unir a portuguesa Vila Real de Santo António à espanhola Ayamonte, foi construída a Ponte Internacional sobre o rio Guadiana. Inaugurada em 1991, esta obra. de tirantes e tabuleiro pré-esforçado, com 324 metros de vão, representa a modernidade da actual convivência entre os dois países, também ela a desenvol-ver-se, desde 1986, sob uma nova umbrela de grande dimensão e poder que é a União Europeia.” (in pagela filatélica 24/2006 do CTT de Portugal).
Fotografia retirada de stampworld.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog