segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

RETROSPECTIVA 2017 - MICROCONTOS - ROUPAS


Manguinhas
Botou as manguinhas de fora. Fez o maior sucesso no desfile de moda.


Vestido grená
A vizinha quando passa com seu vestido grená... não acontece nada. 


Com que roupa?

— Se você não decidir logo com que roupa vai ao teatro eu vou tratar você com força bruta. Disse o marido para a esposa que estava há horas escolhendo um vestido. 

(inspirado em Noel Rosa)




Escravo
Era um escravo da moda. Trabalhava de graça e sob chicotadas na China para uma marca francesa de roupas de luxo. 



Louca
Tira a roupa. Fica louca. É internada na clínica psiquiátrica por causa da esquizofrenia. 


Gordo
Descobriu que estava gordo quando só encontrou suas roupas novas na Varca. 


Mão na frente e outra atrás
Estava com uma mão na frente e outra atrás. Roubaram suas roupas.


Cleptomaníaco
Era um cleptomaníaco que só usava roupas de furta-cor.


Desafeto
Estava usando a mesma roupa do seu desafeto. Vestiu-se a mau-caráter. 


Pobres
Se recusava a doar roupas para os pobres. Queria fazer uma reserva para caso precisasse delas na miséria.


Rabo de saia
 Não podia ver um rabo de saia. O costureiro gay corria para ajustar a roupa feminina. 
  


Microcontos de Gustavo do Carmo
Publicados originalmente em 9 de outubro de 2017

Nenhum comentário:

Arquivo do blog