quinta-feira, 22 de junho de 2017

A Indústria têxtil em Portugal






João Paulo Mesquita Simões





O Homem, desde sempre, e com a sua capacidade de pensar, foi desenvolvendo a sua maneira de viver e de estar na Sociedade.

Um dos fatores  que levou ao desenvolvimento da Sociedade, foi a Indústria. Aprendeu a transformar materiais de origem vegetal e animal, em vestes para se cobrir nos invernos mais rigorosos.


Assim, e ao longo dos séculos, vários foram os tecidos elaborados pelo Homem, adaptados às mais variadas circunstâncias, cada vez mais belos.

Mais recentemente, foram introduzidos tecidos como o polyester, criado em laboratório, de forma a produzir conforto no ser humano.

Hoje, são imensos os tecidos que dão formas a vestidos, fatos e outras roupas que cada um de nós trás vestido, de acordo com a sociedade em que se encontra inserido, os credos, ou a geografia.

Nesse sentido, os CTT - Correios de Portugal, lançaram uma emissão a 17 de junho, sobre a Indústria têxtil em Portugal. 

"O selo de 0.50€, é sobre a lã, com a imagem do quadro a óleo de Leonel Pereira (“Pastor a tocar flauta”, do acervo do Museu Soares dos Reis) e painéis de parede em burel existentes na Biblioteca da Fundação Gulbenkian. 

O selo de 0,63 euros é dedicado ao linho e reproduz um lenço dos namorados em linho, do Museu de Arte Popular, e o quadro “As Fiandeiras”, um óleo sobre madeira de Artur Cardoso, da colecção do no Museu José Malhoa. 

A seda é representada no selo de 0,80 euros com as imagens “Casulo de seda” (um lenço de seda de damasco existente no Museu de Arte Popular). Finalmente, o selo de 0,85 euros reproduz ‘“Fibra de carbono”, da Fisipe. 

O bloco impresso em papel especial inclui um selo com o valor facial de dois euros e é dedicado ao algodão, reproduzindo a  “Flor do algodão” em colcha de chita estampada de Alcobaça, pertencente a uma coleção particular. "

In: http://jornal-t.pt/noticia/textil-e-o-tema-de-emissao-filatelica-dos-correios/    

Imagens dos selos em: www.filatelista.blogspot.com


Trabalho de design do Atelier Pendão & Prior/Fernando Pendão, e impressão de Cartor Security Printing, de França.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog