segunda-feira, 29 de maio de 2017

EU TENTO ECONOMIZAR LUZ, MAS AS OPERADORAS NÃO DEIXAM


Não foram poucas as vezes que eu vi reportagens em telejornais dando dicas de economia de energia. Entre as banalizadas recomendações de “apagar a luz quando sair do cômodo”, “ligar o ar condicionado com as janelas e portas fechadas”, “não demorar no chuveiro elétrico” e “passar as roupas todas de uma vez”, também aparece desligar a televisão e os receptores de TV a cabo da tomada por causa da luz do stand-by.

O problema é que fabricantes de televisores e operadoras de TV a cabo e internet não colaboram e, praticamente, obrigam o consumidor a deixar seus aparelhos ligados. Alguns televisores saíam de fábrica podendo ser totalmente desligados, mas somente se você for lá desligar no corpo do aparelho. Raramente, um controle remoto desliga tudo. Porém, ultimamente, até no próprio aparelho fica em stand-by, com aquela luzinha azul ou vermelha gastando energia.

Pior fazem as operadoras de TV a cabo e internet. As primeiras desativam o sinal quando fica muito tempo desligado. Eu mesmo tenho que ligar para a SKY pedindo para atualizar o sinal em Cabo Frio quando fico muito tempo aqui no Rio e vice-versa. A operadora criou um aplicativo para a mesma função, mas meu celular já está quase sem memória e não quero instalar mais um. Não é só a SKY. A NET também faz isso e a antiga TVA fazia também. E antigamente era pior ainda para reabilitar.

Recentemente, contratei a internet banda larga da Oi. Durante a instalação, perguntei ao técnico se eu poderia desligar o roteador da tomada de vez em quando. Ele disse que melhor não. Que daria problema no sinal se ficasse desligando toda hora. Não pretendo desligar toda hora, mas pelo menos na hora de dormir. Mesmo assim desobedeci o técnico e... DITO E FEITO!... o sinal demorou para voltar e até caiu algumas vezes. Lá em Cabo Frio acontece a mesma coisa com o roteador da West (que na verdade eu comprei).

Os técnicos garantem que roteadores e receptores gastam pouca energia. Mas gastam. Quem paga a conta sou eu. Em tempos de escassez de energia e bandeiras na conta de luz é revoltante você ser cobrado pela imprensa para desligar os aparelhos da tomada e sofrer represálias técnicas de operadoras. Parece até que elas ganham comissão das concessionárias de energia. Eu tento economizar, mas não deixam. Cadê a imprensa para falar sobre isso? Parou até de mandar desligar os aparelhos da tomada.
 
 Crônica de Gustavo do Carmo

   

Nenhum comentário:

Arquivo do blog