quinta-feira, 3 de março de 2016

Soneto XIX - Com quantos olhos turvos eu te vejo

Nenhum comentário:

Arquivo do blog