quinta-feira, 31 de março de 2016

Castelos de Portugal - Castelos de Guimarães e Bragança - Parte 3





João Paulo Mesquita Simões


Emissão comemorativa de 1986, representa os castelos de Guimarães e Bragança. Desenhos de José Luís Tinoco e José Bèrnard Guedes, impressão a off-set pela Imprensa Nacional - Casa da Moeda sobre papel esmalte, em folhas de 50 selos com denteado 12 x 12 - 1/2. Foram emitidos 1 milhão de selos de 22$50 ( Castelo de Guimarães), azul castanho verde amarelo preto, e 1 milhão de selos de 22$50 (Castelo de Bragança), verde castanho cinzento e preto. Sobre estes selos foi impressa uma tarja fosforescente. Foram emitidas carteiras com 4 exemplares de cada um destes selos, ao centro das quais foi impresso o Brasão da respectiva cidade.



O Castelo de Guimarães localiza-se na freguesia de Oliveira do Castelo, cidade e concelho de Guimarães, no distrito de Braga, em Portugal.

Em posição dominante, sobranceiro ao Campo de São Mamede, este monumento encontra-se ligado à fundação do Condado Portucalense e às lutas da independência de Portugal, sendo designado popularmente como berço da nacionalidade.

Classificado como Monumento Nacional, em 2007 foi eleito informalmente como uma das Sete maravilhas de Portugal.


O Castelo de Bragança localiza-se na freguesia de Santa Maria, no centro histórico da cidade, concelho e distrito de Bragança, em Portugal.

Em Trás-os-Montes, no extremo nordeste do país, à margem do rio Fervença, é um dos mais importantes e bem preservados castelos portugueses. Do alto de seus muros avistam-se as serras de Montesinho e de Sanabria (a norte), a de Rebordões (a nordeste) e a de Nogueira (a oeste).


Fontes:
 

www.fep.up.pt/docentes/cpimenta/lazer/html/ebook/bfd009_p.pdf
Wikipédia [em linha] Consultada em 31 de março de 2016

Nenhum comentário:

Arquivo do blog