quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Erro


João Paulo Mesquita Simões 


Dezembro é o mês do Natal . O mês das asneiras alimentares.

Mas não venho falar de asneiras alimentares nem tão pouco do Natal. Venho-vos falar de um selo também ele do Natal de 1995, que saiu com um erro.

Como devem saber, um erro é sempre um erro, uma coisa que fica defeituosa, mal feita, sem valor.

Na Filatelia, um erro pode valer milhões!

Então, analisando este selo que vos mostro aqui, nota-se que o nome do país foi omisso.

O nome Portugal não aparece em qualquer parte do selo como podem observar.

É claro que muitos colecionadores adquiriram este selo para as suas coleções. Mais raro ficou, quando os Correios de Portugal deram pelo erro, e emitiram novo selo, agora já com o nome do país, fazendo valer ainda mais o selo anterior.

Por isso, se tiverem selos em casa, vejam bem se as imagens destes estão bem focadas, se as serrilhas são exatamente iguais, se há fósforo (linha amarelada na vertical ou horizontal do selo junto à serrilha), valor facial deslocado ou desfocado, entre outros.

Se assim for, têm perante vós um selo mais valioso, dependendo do valor do erro.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog