sexta-feira, 30 de outubro de 2015

- CORRE QUE NEM HOMEM

Por  dudu  Oliva

Estou começando a correr. Na verdade, alterno caminhada e corrida. Poxa vida, nunca pensei que conseguiria correr um dia e fico feliz pela conquista pessoal. Hoje, corria tranquilamente, quando um homem de carro gritou para mim: - CORRE QUE NEM HOMEM

Fiquei sem entender, achei tão gratuito o ato de me sacanear e como é correr como homem? O que é ser homem? Sacanear os outros sem motivo? Agredir por motivos irrelevantes? Correr com velocidade como os "homens de verdade" fazem no trânsito? Sinceramente prefiro ser tartaruga a um coelho estressado e desiquilibrado. Passei da fase que deseja mostrar o que posso fazer e sim estou num estágio de mostrar, para mim mesmo, que posso ultrapassar minhas dificuldades, respeitando minhas limitações. Sabe, tem uma coisa, não acredito mais em grandes revoluções que mudam o mundo em curto prazo. O tempo está me mostrando o contrário.

As transformações lentas são muito mais duradouras e mudam as estruturas. Portanto, o outro pode achar que não vale a pena minhas caminhadas e corridas, porém, o que vale é eu perceber as mudanças no condicionamento físico. 

Não preciso ter corpo de atleta para ser feliz e saudável.


Nenhum comentário:

Arquivo do blog