quinta-feira, 1 de outubro de 2015

600 anos Portugal - Ceuta

João Paulo Mesquita Simões


28 de julho de1415. Uma forte armada organizada durante anos, prepara-se para largar do porto de Lagos, a sul do país, com 20 000 homens a bordo de 200 navios com destino a Ceuta no norte de África.

Não tínhamos guerras com esta cidade africana e Portugal precisava de se afirmar ao Mundo depois de uma longa guerra civil.

A cidade de Ceuta era rica, não se podia opor militarmente, e era um ponto estratégico para a navegação portuguesa e europeia, envolvida no tráfico entre o Mediterrâneo e o norte da Europa.

Não era a primeira vez que Portugal tentava tomar Ceuta. Mas desta vez era para ficar. Os monarcas de Marrocos e de Fez, nunca conseguiram recuperar a cidade e havia interesse português em manter aquela praça para controlo marítimo.

Foi, após a tomada de Ceuta, que Portugal começou a explorar os mares, descobrindo novas terras, levando a Cultura e fé Cristã. Foi a época dos Descobrimentos iniciada no século XV e XVI.

Na comemoração dos 600 anos da conquista de Ceuta, os CTT Correios de Portugal, não quiseram passar de marcar a efeméride com esta emissão composta por dois selos, um de €0,55, que mostra a Igreja de Nossa Senhora de África, em Ceuta, com foto de age (Jordi Camí)/Fotobanco, e um pormenor da Carta do Atlântico Norte, de Lopo Homem, da colecção da Biblioteca Nacional de Portugal, e um selo de €1,00, que representa o Centro Cultural Manzanna del Revellín, um projecto de Álvaro Siza Vieira, com foto de Duccio Malagamba, e outro pormenor da Carta do Atlântico Norte (Norte de África e Estreito de Gibraltar), de Lopo Homem, da colecção da Biblioteca Nacional de Portugal.

Foi emitido também um bloco filatélico, com um selo de valor facial €2,50, e que mostra as Muralhas Reais de Ceuta, com foto de Alamy/Fotobanco, e uma gravura de Ceuta no séc. XVI, em «Civitates Orbis Terrarum», de Georgius Braun e Franz Hohenberg, da colecção da Biblioteca Pública Municipal do Porto. Os selos e bloco foram impressos na Bélgica, por BPOST, e foram editados dois tamanhos de sobrescritos de primeiro dia e a pagela de apresentação da emissão.


Nenhum comentário:

Arquivo do blog