sexta-feira, 19 de junho de 2015

Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley (1932) E Ser nu é me descobrir ser vários pedaços que se unem


Por dudu oliva

***


Nenhum comentário:

Arquivo do blog