quinta-feira, 6 de junho de 2013

Rota das Catedrais

João Paulo Mesquita Simões

O templo actual data da segunda metade do século XII, tendo sido aberto ao culto em 1184 e segue o estilo românico coimbrão da segunda fase. Com projecto do francês Mestre Roberto, a igreja tem um exterior robusto, simétrico, com escassas aberturas e coroamento de ameias.


O portal central tem decoração de clara influência islâmica, enquanto que a porta lateral, chamada "Porta Especiosa", atribuída a João de Ruão, revela elegante decoração renascentista.

No interior, ao longo das naves laterais distribui-se a galeria do trifório. Destaque especial para o retábulo da capela-mor, em gótico flamejante, datado de cerca de 1498 e executado pelos escultores flamengos Olivier de Gand e Jean d'Ypres. O retábulo da Capela do Santíssimo Sacramento, completado com uma elegante cúpula de cartelas, em estilo maneirista, data de 1566 e foi executado por João de Ruão. O claustro, gótico, iniciou-se em 1218, nele se destacando os capitéis naturalistas.
In:  http://www.turismodecoimbra.pt/pt/monumentos/se-velha.html


Saíu hoje a emissão Rotas das Catedrais, coleção composta por seis selos.
Destaco o da Sé Velha de Coimbra, por ser a da cidade onde trabalho e onde vivi, onde passo parte do meu tempo. 
Três vezes por semana, ao sair da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e, ao descer o Quebra Costas, admiro este monumento forte e belo, admirado também por grupos enormes de turistas de todas as nacionalidades que aqui vêm visitar a cidade e os seus monumentos. São grupos grandes e, sobretudo agora no verão, ainda mais turistas atrai.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog