terça-feira, 8 de maio de 2012

Fragmentos

Por Hemerson Miranda



"Quer que você sinta solidão sem mim." ele disse. "Eu me sinto só com você.", ela disse.

***

"Pra mim você não passa de uma lembrança.", disse ela. "É tudo o que eu quero ser.", disse ele.

***


"Quero amor e quero paz." "Você não pode ter ambos." "Meu medo é não ter nenhum."

***

"Você tem uma mente tão intrigante e pensamentos interessantes. Me pergunto de onde eles vêm", ela falou segurando meu cérebro contra a luz.

***

Eles sentaram e falaram sobre o passado. "Eu quer lembrar de tudo.", ele disse. "Eu quero esquecer de tudo.", ela falou.

***

"Eu sei o caminho.", ele disse com um sorriso. "Mas eu não quero ir com você.", ela falou secamente.

***

"Não há saída." "E como nós entramos?" "Nascemos aqui."

***

Estava chovendo e ela retirou da bolsa um espelho. "Eu não te amo", falou para o seu reflexo. Lágrimas escorriam dos olhos refletidos no espelho. Ou era apenas a chuva?

Nenhum comentário:

Arquivo do blog