quinta-feira, 26 de abril de 2012

Etiquetas dos Correios

João Paulo Mesquita Simões


Como é do vosso conhecimento, coleciono selos desde os meus seis anos de idade.
Foi o meu Pai que me despetou este "bichinho" cá dentro.
Hoje, com quase meio século de existência, continuo um apaixonado por este tema, quer na vertente do colecionismo, quer na vertente escrita ou de investigação.
O selo, como também já o disse aqui, é um meio de Cultura. No entanto, os tempos mudam, os modos também e com eles a tecnologia.
Hoje, temos selos autocolantes que saem de máquinas espalhadas pela rua ou mesmo nas estações de correio e que colamos nas cartas.
São selos sem beleza, sem denteado, com pouca ou nenhuma ilustração.
O que é mais evidenciado nestes selos, são os valores impressos como se os tivessemos feito num qualquer computador e os tivessemos imprimido numa qualquer impressora lá de casa.
A imagem da etiqueta que vos apresento, é a etiqueta Amiel Correio Azul - 2012 Ano Internacional das Cooperativas, com o valor de 0,47euros.
Agora comparem esta etiqueta com as várias imagens de selos que vos tenho aqui apresentado e digam-me se o selo com serrilha, com uma bela fotografia e cores bem vivas, mostrando um qualquer lugar de Portugal ou uma qualquer personagem portuguesa, não é mais bonito do que o que vos trago aqui hoje.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog