quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Pouca literatura filatélica

João Paulo Mesquita Simões


Como já mencionei aqui, ando a escrever um livro destinado aos jovens dos 14 aos 20 anos. Tem, como já também referi, o título de Teclas, o filatelista, e a missão deste livro, é contribuir para um encremento de publicações filatélicas em Portugal.

Não se escreve muito sobre este asunto, a não ser os Correios de Portugal - CTT - que têm a parte editorial e periódicamente lançam um livro sobre determinado tema.

O meu objectivo é chegar ao público em geral. Sobretudo, incutir nos jovens, o gosto pela Filatelia.

Numa época onde as Novas Tecnologias predominam, muitos hobbies se estão a perder. Este é um deles.

Porque não aliar as Novas Tecnologias ao selo? Um exemplo disso, são os blogues, os sites filatélicos, onde podemos comprar on-line os nossos produtos.

Mas também interessa a parte material.

Interessa que o jovem se interesse pelo selo em si enquanto espécie. Tocá-lo, tratá-lo, conservá-lo e divulgá-lo.

Interessa também que mais cartas circulem, o que hoje já começa a ser caso raro. Sobretudo cartas seladas.

O e-mail veio substituir a carta selada por ser mais rápido.

Poderão perguntar:

O papel, terá tendência a desaparecer?

Na minha opinião, não. de maneira nenhuma!

Um livro em papel, é sempre mais fácil de manusear do que um e-book.

Um selo é sempre mais bonito ao vivo, do que no mnitor de um computador.

A virtualidade é sempre a virtualidade. É o oposto da realidade palpável.

Este repto que deixo aqui hoje, não é só por causa do meu livro.

Este repto é para motivar os jovens ao Coleccionismo, sobretudo à Filatelia.

Aprendemos muito com um selo. Tem a sua própria história.

Colaboro com um jornal como também já aqui referi e estou a falar do primeiro selo português.

Para falar desse selo que tem a efígie de D. Maria II, tenho óbviamente de falar da sua biografia.

Tenho de pesquisar.

Ao pesquisar, estou a aprender e dar a conhecer aos Leitores a história do selo, tal como faço aqui.

Aqueles que lêm as minhas postagens, sabem que é assim.

Temos muito a aprender com a Filatelia e outras Ciências desde que estejamos dispostos a isso.

Por isso, jovens leitores:

Comecem a coleccionar selos e depois digam-me se não é interessante!

Nenhum comentário:

Arquivo do blog