domingo, 7 de novembro de 2010

TNT

Por Ed Santos

Antes do exato momento da explosão, havia uma essência muito agradável no ar. As pessoas estavam conversando normalmente, sem preocupação alguma, sem pensar se o futuro do país iria depender daqueles trocados que estavam investindo, isso mesmo as pessoas estavam investindo alto cada um na sua satisfação pessoal. A conversa agradável e a alegria de estarem entre amigos era infinitamente superior à preocupação com algum tipo de catástrofe. O bar havia sido inaugurado apenas dois meses antes, mas foi o suficiente para que as gêmeas armassem a vingança. Quando elas perderam o concurso de beleza para a Anita, não ficaram tristes, mas ficaram putas da vida quando descobriram a armação. Tiveram que conviver com esse sentimento de terem sido passadas pra trás. O tempo passou e agora estão aqui, juntas dentro do carro branco uma segurando o dispositivo, outra com o dedo no “Power”. O que fazer, detonar ou não?

Nenhum comentário:

Arquivo do blog