sexta-feira, 1 de outubro de 2010

A CABANA DE WILLIAM P. YOUNG

Por dudu oliva

Publicado nos Estados Unidos por uma editora pequena, A Cabana repercutiu muito sucesso com o entusiasmo e da indicação dos leitores. Tornou-se um fenômeno de público.

Durante uma viagem, a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada e há indícios de que ela foi assassinada são por um psicopata em uma cabana abandonada. Há quatro anos vivendo em uma depressão profunda, causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o para voltar à cabana onde aconteceu a tragédia.

As respostas que Mack encontra surpreenderam os leitores, levando a pensar em valores como amor, respeito, compaixão e perdão já tão esquecidos nossa sociedade individualista.
Com uma narrativa simples, levanta questões profundas sobre o perdão, a redenção e a fé. O enredo prende o leitor e suspense envolve a cada página. É um tipo de romance que serve com ponte para outros conhecimentos filosóficos e religiosos, os quais os indivíduos podem se aprofundar ou não.

A cabana mostra a verdadeira essência da comunhão com Deus e critica estereótipos que as pessoas e as Instituições religiosas produzem no consciente e no inconsciente coletivo.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog