quinta-feira, 5 de agosto de 2010

República


João Paulo Mesquita Simões


Como já referi numa outra postagem, este ano celebra-se o Centenário da República Portuguesa.
Com este selo, pretendo mostar como é formada a nossa bandeira, bandeira da República, implantada a 5 de Outubro de 1910.

A Bandeira Nacional representa as lutas da fundação, a independência e restauração de Portugal e os descobrimentos marítimos.
O verde e o vermelho, são as cores predominantes. O verde representa a esperança em melhores dias de prosperidade e bem-estar e também os campos verdejantes.
O vermelho representa o valor e o sangue derramado nas conquistas, nas descobertas, na defesa e no engrandecimento da Pátria. Assentam sobre a esfera armilar, sendo compostas por um escudo maior com outro mais pequeno brocante, simbolizando o escudo, a arma de defesa utilizada pelos nossos antepassados nos combates.

O Escudo maior é vermelho e à sua volta estão representados sete castelos que representam as cidades fortificadas que D. Afonso III tomou aos mouros.
O Escudo Pequeno é branco e encerra cinco escudetes azuis pequenos, fazendo alusão às cinco chagas de Jesus Cristo. Cada um desses escudos contêm cinco besantes de prata que contando duas vezes os da quina do meio, recordam os trinta dinheiros pelos quais Judas vendeu Jesus Cristo e simbolizam o poder régio de cunhar moeda.
São autores da Bandeira Nacional Columbano, João Chagas e Abel Botelho.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog