sexta-feira, 9 de julho de 2010

TRAVESSIAS

Por dudu oliva
Por esses dias assisti dois filmes que me fizeram pensar sobre a perda de uma pessoa querida e a dor que nos provoca. O processo do luto é muito difícil, pois ao longo do tempo as pessoas que nos relacionamos fazem parte da gente e quando elas não existem mais, parece que não temos mais uma parte do corpo. As duas películas mostram de um jeito simples e belo como os personagens tentam seguir suas vidas, mesmo com os corações em pedaços.


Não Se Preocupe, Estou Bem! (Je Vais Bien, ne t'en Fais Pas, 2006) . Moça retorna para casa depois das férias e descobre que seu irmão gêmeo, depois de uma briga com seu pai, fugiu sem deixar pistas. Culpando o pai pelo que aconteceu, ela adoece, até receber um cartão postal do irmão. A busca pelo irmão será uma viagem de amadurecimento que a transformará em mulher. Não posso contar a história do filme, pois perderá a graça. Recomendo.


Caos Calmo(2008): Pietro é um executivo respeitável, com uma casamento feliz e pai de uma garota sensível. Após ter resgatado uma mulher que estava se afogando na praia, descobre que ao chegar a sua casa, a esposa morreu de repente. A partir daí, sua vida se transforma. No mesmo tempo em que vive um tumulto emocional, necessita permanecer calmo para exercer o papel de pai e mãe para sua filha. O enredo mostra também uma viagem em que o personagem faz, para encontrar a maturidade de seguir em frente.

A vida é uma travessia que mesmo nas perdas e danos é maravilhosa percorrê-la. Os dois filmes mostram isto, que sempre há uma luz no fim do túnel para nós sermos salvos. 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog