domingo, 4 de abril de 2010

ACORDA

Sábado à tarde o menino chora
cansado de tanto penar, pede

que o Hawai seja aqui.

Explica que teme os dias

mas eles aparecem, passam e somem.

Com a barba rasteira e o suor frio levanta e segue

Rota traçada e destino longo

Estrada esburacada com policiais corruptos sob os farois à noite

Pane no motor e lá se foi o sonho.

Quando fica tarde não existe saída nem de emergência

Acorda menino, antes que durma.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog