quinta-feira, 22 de outubro de 2009

1943 - Tipo "Caravela"


João Paulo Mesquita Simões



Nas nossas emissões, estava a faltar algo que nos continuasse a dignificar enquanto povo.
Já se tinham emitido selos da Nacionalidade, Camões, Lusíadas e faltava enaltecer o feito dos Portugueses Além-mar com a emissão aqui exposta: Caravela.
Esta emissão nasce por proposta do Sub-Secretário de Estado das Comunicações, em que este membro do Governo, sugeria uma emissão base que tivesse o Escudo de Portugal, a bandeira da Mocidade Portuguesa e uma Caravela.
O artista Martins Barata, escolhe o tema "Caravela"em 1940, que depois de estudadas as cores e as franquias, foram remetidos à Casa da Moeda em 1941, que apresentou os primeiros esboços em Fevereiro de 1942. Em Março e Abril, estes selos foram emitidos, saindo de circulação em 1 de Novembro de 1957.


(Baseado em Livros Electrónicos de Carlos Kulberg)


O que é uma Caravela


Barco de pequenas dimensões, menor do que uma nau, era usado para pequenos trajectos no mar. Sobretudo entre as naus e terra, no século XIII.
Aprefeiçoadas no século XV, serviram para os Descobrimentos, por serem pequenas, ágeis e terem velas triangulares em três mastros, o que lhe dava uma maior velocidade.
Embora de pequeno porte, algumas destas embarcações vieram da Índia para Portugal.
Sabe-se hoje, através de estudos feitos por Quirino da Fonseca, Jaime Cortesão, Damião Peres e poucos mais que, já aquando das conquistas muçulmanas no norte de África que culminou com a Península Ibérica, novas ideias da prática marítima foram pelos Portugueses aproveitadas.
Assim, somos levados a pensar que toda a bolina que este navio possuía, era devido ao seu baixo porte, umas vezes coberto, outras de boca aberta, de velame latino bastardo, com um mastro a meio ou dois ou três mastros e nestes dois últimos casos, sempre maior o de vante e sempre a meia nau. Para a ré desciam mastros - mastro grande, mezena e contra-mezena - e velas, exigindo a última um bataló. A popa seria redonda e sobre ela existia um castelo de um só pavimento, isto se conclui de pinturas e desenhos do começo do século XVI, os primeiros documentos plásticos conhecidos.
(Baseado na Enciclopédia Verbo Luso-Brasileira de Cultura, volume 5 pp 1288 a 1290)
A imagem, é de uma carta circulada para os Estados Unidos, com alguns selos que constituem a emissão.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog