domingo, 13 de setembro de 2009

VAI CHUVA

Por Ed Santos


O homem é o único animal adulto que toma leite. A mulher, sua parceira, infelizmente compartilha desta atitude humana. A única ressalva. O macho não percebe isso. Isso é uma característica das mulheres, assim como o clichê “ficar grávida” e menstruar. Se bem que a menstruação é um caso à parte, porque é precedida da tensão pré-menstrual.

A discussão é inevitável. Toda mulher trem sua tensão pré-menstrual e toda mulher vive sua tensão pré-menstrual à sua maneira. Umas sentem cólicas insuportáveis, outras não sentem absolutamente nada e muitas outras ficam no maior índice possível de irritabilidade. Daquelas que bastam levantar a pálpebra pela manhã pra sentirem que o mundo todo está contra elas.

Uma velha amiga me confidenciou o seguinte:

“Eu tenho uma maneira diferente de encarar minha tensão pré-menstrual. Pra mim, a tensão pré-menstrual funciona como se fosse um sinal, tipo:

- Olha! Vai chover! Recolhe a roupa do varal! Fecha a janela! Põe o Totó pra dentro!

Um prenúncio. Um aviso. Depois daquele momento pré-chuva, aí vem. Nossa, que alívio! Todas as tensões somem e o corpo fica leve. Sabe aquela coisa de ajoelhar no sofá e ficar observando a chuva pela janela?

Não sou do tipo de mulher que tem ódio mortal do universo quanto está na tensão pré-menstrual. Também não tenho apego nenhum à estar naqueles dias, pelo contrário, o que acontece é que convivo com o fato muito bem, obrigado. Faz parte da vida, e eu vivo muito bem com isso, e aprendi agir assim depois de tentar sem sucesso todos os recursos possíveis, desde a fitoterapia, alopatia, homeopatia, me dediquei ao desprendimento total, além, do mais tenho a sorte de ter um companheiro que não toma leite como os outros e que me serve com todas as vitaminas que são necessárias para restabelecer a tranqüilidade àqueles dias:

Vitamina A, de Amor

Vitamina B, de Beijo

Vitamina C, de Carinho

Vitamina D, de Dedicação

Vitamina E, de Entrega.”

Nenhum comentário:

Arquivo do blog