sexta-feira, 21 de agosto de 2009

GRAVIDEZES

Por Gustavo do Carmo Crédito da Foto: Sofia Simões - http://br.olhares.com/a_gravida_ii_foto1992735.html

Positivo: Imaginou-se feliz ao saber que seria pai do filho da sua amada. Ao mesmo tempo o seu amor platônico sorria para o marido, mostrando-lhe o teste positivo para gravidez.



Bilionário: Imaginou-se brincando com o filho que teve com a sua amada, grávida do segundo. Ao mesmo tempo o seu amor platônico subia ao altar com um bilionário paulista.



Cartório: Imaginou-se feliz indo ao cartório com o cunhado e o melhor amigo como testemunhas do registro do filho que teve com a mulher amada. Ao mesmo tempo ela sentia as primeiras contrações e correu com o marido para a maternidade.
Foto: Sempre desejou em tirar uma foto da namorada e da irmã grávidas e juntas. Realizou o sonho. Só não sabia que as duas esperavam um filho do seu cunhado.


Reencontro: Queria muito engravidar. Fez até tratamento. Acabou reencontrando a mãe que não via desde que ela tinha cinco anos.



Padrasto: Queria muito ter um filho. Contentou-se em ser um paizão para o filho de sua namorada, mesmo ele odiando crianças dos outros.



Etapas: Vai à boate. Conversa com um rapaz. Beija na boca. Vai ao motel. Tira a roupa. Fazem sexo. Engravida. Se casa. Põe aliança no dedo. Exibe ela e o filho como troféus. Os paqueradores ingênuos que se danem.



Plágio: Orgulhava-se da sua melhor obra. Mas foi acusado de plágio: a sua obra era uma linda menina que achava ter tido com a sua esposa e que registrara como sua.



Vírus: Queriam muito ter um filho. Depois de muitas tentativas, o marido perguntou: _ E aí, amor: engravidou? _ Não! Contraí um HPV de você!


Nenhum comentário:

Arquivo do blog