quinta-feira, 25 de junho de 2009

1935 - Sé de Coimbra

Por

João Paulo Mesquita Simões




O edifício é compacto, quase militar, encimado por uma cúpula mais moderna e espiritual.

A Sé primitiva, foi mandada construir por D. Afonso Henriques sobre fundações romanas, em 1162, ainda tinha a função de último reduto numa cidade militar. Entre o século XVII e 1893, muitas alterações foram feitas ao edifício. A cúpula do século XVIII, substituiu um coruchéu muito mais simples. A porta principal, seiscentista, é um dos melhores trabalhos de João de Ruão.

Lá dentro, encontramos todas as épocas muito bem representadas no melhor dos seus estilos. O retábulo principal, gótico, flamejante da escola flamenga, foi encomendado pelo Bispo D. Jorge de Almeida, em 1498. Existem alguns túmulos medievais. Muito bonito é também o cláustro, donde foi feito também o de Alcobaça, com um equilibrio de proporções quase perfeito.


(Baseado em:”Descubra Portugal: Beira Litoral” da Ediclube)


O desenho e gravura do único selo que compõe esta emissão, foi feito em Paris, no Institut de Gravure et d’Impréssion de Papiers-Valeurs de Paris.

Foi impresso na Casa da Moeda, em folhas de cem selos, tendo circulado de 20 de Novembro de 1935 a 30 de Setembro de 1945, em papel liso denteado 12 x 11 ½.

Um comentário:

bernadete disse...

Caro João Paulo

Por motivos vários,estive sumida de tudo, inclusive do TudoCultural. No momento, creio estar de volta e assim que colocar minha vida em dia, escreverei, explicando meu sumiço. Quanto ao artigo sobre a Sé, fiquei morrendo de vontade de conhecê-la tal a riqueza de detalhes com que você nos brindou! Espero que logo possamos retomar nossa recem iniciada correspondência, com os detalhes prometidos por você sobre mala postal portuguesa.
Abraços serranos.
Bernadete

Arquivo do blog