sexta-feira, 25 de abril de 2008

AMOR E ORGULHO

Ana nunca deixou de amar Pedro, que casou com outra. Anos depois, ele a procurou. Ana não o recebeu. Pela janela, viu-o desaparecer ao dobrar a esquina.
***
http://dudv-descarrego.blogspot.com/

Um comentário:

Tiana de Souza disse...

Esses são os encontros e desencontros da vida!
Sucesso!

Arquivo do blog